Nova Ordem Mundial

Revelando a Conspiração Mundial

A jornalista Cristina Martín revela em «Perdidos» os planos secretos do Club Bilderberg

Send to Kindle

“A crise foi planificada para instaurar um pensamento único e um governo mundial”.

A escritora e jornalista sevilhana Cristina Martín Jiménez  revela em «Perdidos», o seu último livro, editado pela Martínez Roca os «planos secretos» do Clube Bilderberg, um lobby internacional criado em 1954 e formado por personalidades da política, altas finanças e cultura,  aos que a autora qualifica de «verdadeiros donos do mundo», e a quem responsabiliza pela crise económica internacional iniciada em 2008, após a falência de Lehman Brothers. «La crise é um produto de laboratório, planificado e deliberadamente desenhado e Europa converteu-se num campo de experiências a nível internacional».

A autora alerta sobre o controle da mídia (meios de comunicação) e sobre as mensagens emitidas sobre a crise, que na sua opinião, “tentam manipular a opinião pública com um pensamento único que nos leve a um governo mundial”. “O objectivo desse governo mundial, para além dos benefícios econômicos, é o Poder. Poder controlar todo o mundo, dizerem-nos o que devemos assistir na televisão e nos jornais, o que devemos comprar… uma globalização brutal que nos conduziria não somente a um modo único de pensar mas também a um sentimento único, algo ainda mais terrível de imaginar!”.

Cristina Martín revela planos secretos do Clube Bilderberg

“Para que esse objectivo seja cabalmente cumprido, é necessário um sistema de vigilância muito rígido, como aquele que o ex-funcionária da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA), Edward Snowden, revelou e que indignou tantos líderes mundiais, como a Chanceler alemã Angela Merkel, cujas comunicações no celular foram espiadas“, acrescentou a autora, recordando também as preocupantes recentes declarações dum ministro do governo do Japão sobre a esperança de vida das populações: “O ministro declarou que os idosos viviam demasiado e sugeriu que a economia não se ressentiria tanto se as pessoas morressem antes. Suponho que também por ser bastante mais fácil manipular as crianças e os jovens”.

Como se constrói esse governo mundial? “Sobretudo com mensagens e mentiras que consigam criar um estado de medo nas populações… um medo capaz de nos paralisar, de nos confundir e de nos fazer sentir sem esperança… como que perdidos, que é como nos sentimos atualmente e também o título do livro”, explicou Cristina Martín. Entre outras mentiras, refere o “aquecimento do planeta“, denunciado por Al Gore.

“Quem está por detrás, movendo os fios do poder?” – é a pergunta que aparece na capa do livro. Responde a jornalista que «nem todos os que neste momento os movem pertencem ao Club Bilderberg, embora existam muitos membros dentro desse grupo elitista. Também existem outros foros mais recentes, como o G30, liderado pelo ex-presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet».

O primeiro livro escrito por Cristina Martín, sobre a crise econômica internacional foi publicado em 2005, tendo sido best-seller em Espanha, EUA, México, Colômbia e Romênia.

Fonte: ABC de Sevilla

Send to Kindle
Voltar ao início